segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Momento de Reflexão...



23 comentários:

Anónimo disse...

Olá, chamo-me Joel Almeida e sou Designer Multimédia.
A primeira coisa que veio a cabeça foi o logótipo da TAP, e dps o inevitável pensamento "ess cosa li é mut fei" !
Pessoal, vamos criar uma base nossa, uma base de designers, para que coisas de mau gosto não continuem a poluir a imagem de Cabo Verde.
ja tive a minha dose de concursos públicos até perceber que só serviam como mero exercício criativo e perda de tempo, pois os resultados são viciados a partida, a julgar pelas propostas vencedoras.
E é por isso, que sugiro a criação de um espaço, uma estrutura nossa. Afinal já existem alguns caboverdianos licenciados em Design, pq não juntarmos e "desenhar" uma nova cara para Cabo verde?
quem estiver com vontade de avançar com esse projecto, entre em contacto : joelcruzalmeida@hotmail.com

Anónimo disse...

Queiram-me desculpar, mas de todos os logos que eu vi até agora a que ganhou é de longe a melhor conseguida.

alguns logos do mesmo tipo
http://www.flickr.com/photos/26850859@N04/3609884649/

http://www.youraga.ca/
(este último sim = ao logo da TAP)

Acho que estão a exagerar um bocado e estão com um bocadinho de dor de cotovelo, não?

Eu gostei e muito do logo, e já tive a oportunidade de ver muitos dos logos concorrentes.

Temos Logo!

Temos bom logo!

Cabo Verde tem boa marca!

Deixem de gozar com o trabalho dos outros, isso é desonestidade intelectual

Hedy Cardoso disse...

Sr ou Sra "anónimo(a)" ninguém está a gozar com o trabalho dos outros, a intenção aqui é trazer um pouco de humor para descontrair. Mas sinceramente, não achas estranho que a logo tenha sido ainda pouco divulgada pelos meios de comunicação? São poucos os sites que já colocaram online o resultado. Não achas estranho que a descrição da marca (memoria descritiva) não tenha sido divulgada ao mesmo tempo que a marca? ( Talvez isso ta sendo feito ainda... para tentar fundamentar nao sei o que...) Novamente eu falo, não me referi em momento algum que a minha proposta é a melhor mesmo porque foram 151 propostas... Mas a vencedora deixa muito a desejar, quem é profissional da área entende perfeitamente o que tou a dizer... abraço

MRVADAZ disse...

Olá! Antes de mais parabéns pelo blog, cheguei aqui por causa do al logo vencedor. Dá uma visão neste link: http://www.allgarve.pt/V2/

Anónimo disse...

Afinal, faz lembrar TAP ou ALLGARVE ?

TAP e ALGARVE são logos idênticos?

maldosos!

Gostei e muito da marca Cabo Verde. Mas feliz ou infelizmente não sou caboverdiano

Hedy Cardoso disse...

Pois é... Muita coincidencia. Saiu no Site http://observatoriodoturismocv.org/index.php (cinco dias depois da divulgação da marca) a descrição da marca, e realçou a minha opiniao. Essa marca possui graves erros de aplicação, sem falar no conceito. Em breve farei um post exclusivamente dedicado a esses detalhes que referi.

Amílcar Tavares disse...

Foi cabulado! Uma vergonha.

Hedy Cardoso disse...

Caros Leitores, censurar é feio ... mas aqui nesse blog não tem lugar para pessoas que aparecem para ofender as outras... a nao ser que se identifiquem e se responsabilizem pelos comentarios. Covardia é feio! Aqui todo mundo tem lugar, mas se for criticar ou insultar alguém, por favor identifique-se.
Esse comentário foi postado porque alguns "anónimos" covardes enviaram comentarios insultando outras pessoas... Portando Sr ou Sra, voce pode comentar de novo exactamente a mesma coisa, e será publicada desde que identifiques!

JB disse...

Parabéns pelo blogue. Vai ser notícia ali ao lado, no Café Margoso.

Abraço

nuno disse...

Antes de mais quero dar os parabéns ao responsável por este espaço pela oportunidade que tenho em opinar.
Também particei no concurso para a marca Cabo Verde e alguns outros concursos. Eu, a minha maior indignação tem sido realmente em relação às pessoas que são designadas para serem júris desses concursos. Quem são? que formação têm essas pessoas? e que competencias têm para avaliar a potencialidade e sobretudo a funcionalidade de uma marca? Esta peça gráfica vencedora tem graves problemas de aplicação. Tem pouca resistência à redução, é uma peça, que pela forma como foi organizada, nota-se um desiquilibrio na sua sustentação com o texto em cima. Se eu pedir a uma criança de 8 anos para representar cabo verde, ela concerteza desenharia as 10 ilhas. Será que um adulto criativo e evoluido gráficamente não tem capacidade para ir mais além e sair do óbvio?

Nuno de Pina
Designer Gáfico

RF disse...

"Amigos",

Criei um blog especificamente só para explicar o processo de criação do logótipo da Marca Turística Cabo Verde, ilustrando todo o percurso efectuado (com imagens em bruto!) desde o início, passo a passo, até à proposta final.

http://logomarca-cv.blogspot.com/

Façam bom proveito e tirem as vossas conclusões.

(Rafael Fernandes, arquitecto) - autor do logótipo vencedor.

Hedy Cardoso disse...

Rafael, felicito-te por teres ganho o concurso, e quero dizer-lhe que não tenho nada contra voce, e apenas do meu ponto de vista de um profissional da área existem lacunas em todo esse processo.
Primeiramente LOGOMARCA, é uma palavra que simplesmente não existe, alias existe sim e é um neologismo que se usou para designar logótipo, marca símbolo.
Com esse neologismo o pessoal foi usando indevidamente essa palavra, mas erradamente. Logo vem do grego logos que é conhecimento ou palavra. Logomarca seria palavra-marca ou conhecimento-marca...
Infelizmente pessoas continuam usando e promovendo indevidamente essa palavra é lamentável isso.

Quanto à Marca que desenvolveste... apresentas apenas o processo de costrução, mas para quem é da área sabe que esse é a ultima etapa do processo. Faltou a parte principal, o CONCEITO, onde você apresenta o fundamento que te levou a esse ponto. Ali que e você explica como aplicou cada etapa pedida no Edital da marca.

Não achas que usar tantas cores prejudica a fixação e a identidade da marca? E a aplicação dela... quando temos assim uma marca tão colorida e aplicando no negativo parece que ela pede totalmente a identidade e a essência dela. As assinaturas: porque foram feitas com 3 tipos de fontes auxiliares totalmente diferentes uma da outra? Qual deve ser aplicada e em que momento usar uma e não outra? Apresente seu fundamento quanto a esse tema que deixou duvidas.

Na aplicação individual da ilhas achei muita poluição visual quando usaste o traço de todas as ilhas sobrepostas. Poderias apenas utilizar só a ilha destacada na sua cor original. Ficaria bem mais legível, mais limpo e mais agradável visualmente.

Não apresentaste a aplicação da marca em redução (caneta, chaveiro, etc..). Não especificaste a aplicação do símbolo separadamente da tipologia. Normalmente prevê-se esse item importante. A aplicação da Fonte em cima do símbolo compromete o equilíbrio da composição. Não entendi porque que na fonte trabalhaste com formas estruturadas, fonte grossa, em maiúsculas, o que representa solidez, imponência, enquanto que no símbolo usaste formas curvas, suavidade e sensibilidade. Enfim fiquei na duvida sobre o que realmente querias representar nesse composição.

Rafael, mais uma vez eu falo que não tenho nada contra você pessoalmente, talvez a culpa nem seja tua, mas fiquei sim indignado da forma como se conduziu todo esse processo. Pergunto: porque que na composição do júri não tinha uma pessoa sequer especializada em criação e gestão de marcas? Entendo que tenha tantas pessoas envolvidas com Turismo mas pelo menos poderiam ter pessoas que entendem que uma marca engloba muito mais de que aparência visual.
Abraço

Anónimo disse...

Consenso? Aí está...é a decisão de um júri para tal mandatado.Às vezes acontece...primeiro estranhamos e depois entranhamos...como disse Pessoa acerca da Coca Cola. O logo aprovado já está a cumprir uma parte importante: provocar polémica. Ser notícia. Que nasça realamente luz dos debates. E, por favor, descubramos os limites em certas áreas.

Anónimo disse...

Meus senhores, a perfeição é nos interdita. 7% numa obra, é obra...Não?!

Allimagine disse...

Olá Hedy!Chamo-me Carla Presa, sou designer multimédia, não sou caboverdiana, sou portuguesa, mas estou cá a viver, mais propriamente no Sal.

Antes mais deixa-me dar-te os parabéns pela tua iniciativa acerca deste blog! Cabo Verde precisa de ter mais força relativamente ao Design, DEFINITIVAMENTE!!!!! Vou ser uma fiel leitora com certeza ;)

Relativamente à proposta vencedora... MEDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

Também já tinha constatado assim uma "ligeira" semelhança com a TAP ahahaha!!!

A marca ALLGARVE ( http://www.mybrandconsultants.com/public/media/casestudies/Case_ALLGARVE_P1.pdf ) ela foi criada com pés e cabeça, aplicada com consistência, apesar da polémica dos 2 LL.

Eu até QUERO acreditar q foi sem querer, mas mesmo sem querer, temos de ter sempre o cuidado de fazer uma pesquisa ou uma procura qualquer para que estas semelhanças não aconteçam e não haja o risco de receber críticas como estas. Até acredito que não conheça a marca ALLGARVE, mas a da TAP!!!!!

Na prática, no mundo d mercado, a opinião do “povo” é q pesa mais, pq ele é o consumidor! Quer queiramos quer não é a ele que temos de agradar! No entanto, não podemos subestimar o nosso cliente, NUNCA!!! E eu, no lugar de consumidor, não ía gostar q a marca do meu País fosse muito idêntica à da TAP e à do ALLGARVE! Tão simples quanto isto!

Aliás, lembrem-se que esta marca tem de agradar principalmente aos estrangeiros, é o seu alvo principal e o turista, o investidor, o curioso, é bombardeado constantemente com 1001 campanhas de outros países e assim não vai lá!
Não queremos ser reconhecidos por aquele país que tem uma marca igual ao símbolo da TAP né!!!!

No entanto, a minha crítica não vai obviamente para quem o fez, mas sim para quem o escolheu!

Caro colega que ganhou o concurso: Desde já os meus parabéns. Estamos sempre sujeitos quando ficamos expostos! Nunca podemos agradar a gregos e troianos, logicamente que uns vão adorar, outros odiar e outros nem ligar!!! Aprendemos sempre alguma coisa. Mas não pode negar as semelhanças, porque como diriam los espanholes, que las hay, las hay! (que existem, EXISTEM!!)

Joel Almeida, "uma base nossa, uma base de designers, para que coisas de mau gosto não continuem a poluir a imagem de Cabo Verde". Será muito interessante aplaudir o que está bem feito do que dar importância ao q está mal feito. No entanto, faltará definir o q é bom e o q é mau, nesta área tudo é relativo! Mas tb tudo tem limites.

Joel Almeida e Nuno de Pina: Estou totalmente de acordo convosco relativamente à coisa dos concursos aqui em CV! Aliás, alguém já viu o logo que venceu o concurso para o totoloto de Cabo Verde? Porq o resultado já saiu há muito mas nunca o vi! Alguém sabe??

Aqui há tempos estive na Praia e tive a sorte de assistir a uma conferência da empresa responsável pela nova imagem da Federação Caboverdiana (ou Cabo-verdiana, ainda não descubri! :)) de Futebol... oh pá... agora agora o nome da empresa não me vem à cabeça, mas é Espanhola/portuguesa... mas acreditem está em boas mãos. A imagem corporativa, tudo, está brutal vocês vão adorar. O logo principal tem toda a força do futebol e espírito caboverdiano, pelo menos quanto a mim!! lolololol

Posso vos dizer que é um projecto à grande mesmo, a mundo do futebol em Cabo Verde vai mudar completamente, não sei se para breve, mas vai mudar! Por exemplo, os campeonatos vão sofrer alterações no nome, tudo tudo foi pensado ao pormenor. Como existe por exemplo em PT, a liga Sagres ou Taça não sei das quantas, as vossas ligas tb vão ter nomes distintos mas muito interessantes!!!! fiquem a aguardar! :)
Seria muito interessante darem o projecto a uma empresa Caboverdiana capacitada para tal não era? Eu acredito q daqui a uns tempos!!! :)

nuno disse...

Olá pessoal!

Participo pela segunda vez neste espaço de comentário para amplificar aquilo que foi lembrado pela designer Carla Presa. Aliás, uma participação que me pareceu muito sincera e sensata.É sobre o concurso para a marca TOTOLOTO. Alguém sabe de alguma coisa?
De resto, quanto à marca Cabo Verde, penso que o lado positivo dessa questão é o debate gerado.O que PODE indicar a queda de alguns aspectos negativos relacionados com esses concursos e com o design em Cabo verde de uma forma geral.

Vamos acreditar que sim

Nuno de Pina
Designer Gráfico

Hedy Cardoso disse...

Pois....
Carla e Nuno, eu quase participei no concurso de Totoloto, lembro que era em dezembro o deadline e eu tinha uma viagem de ferias programada... na altura até pensei em adiar a minha viagem para elaborar a minha proposta para o concurso... não fiz isso... e agora que vi que fiz uma optima decisão!!!
Pessoal quando surgirem noticias sobre esse misterio ou quando surgir um vencedor, me comuniquem...
Carla, é muito bom saber que tempos pessoas como você a atuar no mercado de Cabo Verde, espero mesmo que o Design cresça muito no nosso país.
Quanto à marca de Cabo Verde, eu nao quero mais alimentar polemica, já escrevi muita coisa, e já fui até mal interpretado para quem é leigo e nao é da área... mas eu mostrei a marca a alguns colegas brasileiros... ouvi coisas engraçadas... que nao tem nada a ver com o que se queria representar... deu-me vontade de rir e ao mesmo tempo fiquei triste pois representa meu país...
abraço a todos e voltem sempre!

Anónimo disse...

Hedy, já viste os comentários dos colegas brasileiros sobre a logomarca da copa do mundo de 2014 no BraSil? Os caras falam ruim daquilo. Ruim pá cacete.

Hedy Cardoso disse...

Vi sim, claro que vi. Até fiz um pequeno comentário meu acerca disso no post que criei sobre essa marca. Falei que visualmente ela é bem resolvida, mas é pobre no que se refere ao universo em que ela representa além de estar muito abaixo do padrão de marcas que a fifa apresentou nas ultimas três edições do Mundial.

Allimagine disse...

Nuno e Hedy thks plas vossas respostas!
Nuno cá continuaremos no mistério do Totoloto!!!! :D Se soubesse o q q sei hoje tinha feito como o Hedy! LOL

nuno de pina disse...

eh malta!
Apareço para saber a vossa opinião sobre o seguinte:
Vocês não conhecem nenhum jornal português que tem um carcter serifado, vermelho com o nome do jornal escrito em branco no próprio corpo do carter?
Será um simples acaso ou um jornal cabo-verdiano que vocês de certeza nunca desconfiarão usa algo parecido?

Abraço
Nuno de Pina
Designer Gráfico

Allimagine disse...

Hedy não sei se sabe s mas um dos teus posts do teu blog sobre a marca cabo verde saiu no jornal "A nação" aqui em CV!!!! Já ficast conhecido!!! :P
Saiu o teu o do Mica (Amilcar Tavares) e o do Café Margoso!!!! :)

Hedy Cardoso disse...

Não sabia disso!!! Fico muito feliz por isso ter acontecido! Tentarei atualizar o meu blog sempre com novidades sobre o Design em cabo verde, mas de longe assim fica um pouco difícil de estar 100% ligado a tudo que acontece por aí, por isso conto com a ajuda de vocês que estão em CV para trazer assuntos novos e "trocar-mos ideias" aqui no meu cantinho.
Abços!

Enviar um comentário